domingo, 1 de maio de 2011

Quando as máscaras caem o baile começa de fato!

Depois de mais um imprevisto ontem, finalmente, um domingo - dia de descansar! Yeahhh! :) O post não saiu ontem devido à fórmula mais antiga da Terra: trabalho + cansaço = preguiça.

Eu tenho tantos assuntos para compartilhar, a falta de tempo ainda não dizimou as ideias, mas hoje vou falar de um assunto que acabei de ler. Já falei sobre este assunto em alguns posts por aqui, mas nunca dediquei um exclusivo à ele. Acabei de ler o ótimo texto do Ivan - Blog do Míope - sobre isso e resolvi dialogar com ele.

O fato é que todas as pessoas têm o hábito de se inventar um pouco. Ou de mostrar somente aquilo que têm de bom. É assim em qualquer início de relacionamento, no início de uma amizade, no início de um trabalho... nós tendemos a mostrar as qualidades que temos (e alguns até as que não têm) e esquecemos de vender o pacote completo. Por isso acontecem as mentiras, as decepções, as desilusões.

No entanto, numa relação real, isto é rapidamente desmascarado, porque a convivência não permite máscaras por muito tempo. Mas, em tempos virtuais existem cada vez mais pessoas fantásticas. Difícil competir com aquilo que não existe, né?! No mundo virtual podemos ser tudo o que queremos ser sem fazer nenhum esforço para demonstrar em atitudes o que está sendo vendido. E são as atitudes que falam muito mais do que qualquer palavra. E, veja bem, não estou em nenhum momento criticando a ferramenta que é a internet, ou as ferramentas que ela oferece. Estou criticando o mau uso que as pessoas fazem dela. O ser humano tem o caráter falho demais para utilizar esta ferramenta tão ampla.

Então, a mensagem que quero passar aqui é: utilize todas as ferramentas que gostar e desejar da internet, mas siga alguns princípios para ter uma vida de verdade e em paz. Primeiro, procure não vender algo que você não é de fato, simplesmente por ética. Segundo, procure não acreditar em tudo que você lê. E terceiro, não faça da vida virtual a sua vida principal. Dê prioridade para as pessoas reais na sua vida, aquelas que você briga, que você enxerga os defeitos, que estão ao seu lado quando você precisa de fato. Aos amigos da internet, a conversa agradável de vez em quando, o conselho recebido quando pedido num post ou numa conversa. Mas não deixe de lado a sua vida real para viver as emoções (?) de uma "Matrix". Além de não ser saudável socialmente, não é justo com quem você realmente conhece, convive e ama do jeito que é, e não do jeito que diz que é.


"As palavras estão cheias de falsidade ou de arte; o olhar é a linguagem do coração."
William Shakespeare


É isso.

23 comentários:

Andressa disse...

:)

Carla Fernanda disse...

Sim Thaís, este é o amor desde a criação, que vem direto do Criador. O que sustenta e apoia todos os outros querida. O amor inviolável para mim.
És tão especial que nota-se em tudo que escreves Thaís!!
Beijo!!

Marionete Sagaz disse...

Táticas de sedução são muitas. Há várias publicações de como passar na entrevista de emprego, de como chamar a atenção dos homens/mulheres, de como nos aproximar de estranhos etc, mas somente com a convivência é que realmente selaremos ou não uma aliança com um grupo ou quem quer que seja.

Omitir alguns defeitinhos básicos não traz grandes transtornos, mas inventar uma personalidade incompatível com a verdadeira leva, fatalmente, a grandes decepções.

Paula Li disse...

Oi Taís, muito bom o post. As vezes me pego pensando se passo uma uma imagem muito positiva de mim mesmo no blog e isto me preocupa. Por que sei o ser humano falho que sou e não quero ser vista de um modo diferente do que real.
O contato virtual te faz parecer ser melhor do que é, as pessoas te "bajulam" e parecem te entender melhor do que ninguém.
Melhor ter os dois pés bem firmes no chão, pois na vida tudo é muito efêmero e nada como um contato olho no olho para desfez qualquer impressão.
Adorei o post,
bjs

Thay Negrão disse...

Você disse tudo!!! A internet é uma ótima ferramenta,mas se torna uma máscara para quem está por trás dela. Eu já fiz várias amizades através da net, e poucas foram a que ficaram.Posso citar uma pessoa que eu conheci, fiz amizade e fui cupido...rs e ainda terei a honra de ser a madrinha, uia!! Enfim, a gente tem que dá valor mesmo as pessoas reais, que estão sempre ao nosso lado e nunca viver em farsa atrás da telinha do computador.
Super beijo e bom ínicio de semana!!!!

Jão disse...

Sinto está cada vez mais comum o virtual se tonar real. Na internet conseguimos tudo de forma bem fácil. Tem-se que trabalhar o lado psicológico dos jovens e concientiza-los dos prós e contras da internet.

Beijos!

O Universo dos Pensamentos disse...

Excelente postagem. O problema da internet é o medo. Se no real tá complicado se ter amigos de fato. Imagine pela internet, mas acho que tudo fica diferente se a gente encontra pessoas com o mesmo fim.

Apesar de todos saberem os contras da internet, muitos não estão nem ai.

Bom dia

Fernand's disse...

deve ser muito triste a pessoa viver o que não é.

quanto a relacionamentos, creio que junto às máscaras, o que estraga uma pessoa é o excesso de expectativa criada pelo parceiro, afinal, no início é tudo perfeito.


=)

bjsmeus

Dave disse...

Perfeito!

Nada como a vida real. O palpável. O olho no olho, o toque. Não sou contra tecnologias e as facilidades que as mesma nos proporcionam. Mas sou contra a banalização dos sentimentos; por que virou moda, fazer tudo pela internet. Não tem jeito. Acho isso doentio!

Beijo.

Sandro Ataliba disse...

O que dizer então para toda uma geração que só conhece a socialização pela internet? Este é mais um dos vícios do mundo moderno.

Sua reflexão, como sempre, é pontual e efetiva, amor.
Beijo!
♥x!

Ivan disse...

É bem mais fácil vc criar um super-profile virtual, com fotos legais e frases de efeito, do que construir relações verdadeiras na vida real. Com tantos perfis perfeitos por aí, fica cada vez mais difícil assumir-mos nosso lado comum, em que nem todo fim de semana tem balada, não viajamos o mundo inteiro, não conhecemos a protagonista da novela... Vc definiu bem: como competir com aquilo que não existe? Maquiando ainda mais a realidade? Excelente post!
Abraço

A.S. disse...

Sim!!! O olhar é a linguagem do coração... Um simples olhar pode mudar uma vida!


Beijos,
AL

Vanessa Souza Moraes disse...

Risos para a fórmula mais antiga.

Camila Monteiro disse...

Olá Thaís, sábias palavras as tuas!
Relmente a internet ajuda muito a deixar nossos pensamentos LIVRES demais para criar qualquer coisa!
Aqui podemos ser o que bem entendemos e parece mais facil, mas a vida real existe e teremos que prestar conta um dia nao é memso?!
Sejamos sinceros que é gostoso ter a conciencia leve!
Beijao, adorei teu post!

Indy. disse...

pois é, falou e disse tudo! É triste ver pessoas se distanciando do mundo real para viver em um mundo que nunca vai existir de verdade...
você já chegou a ver "baladas virtuais", "barzinhos virtuais" etc? Pior é que as pessoas estão trocando a realidade pelo virtual mesmo! hahha

beijos, flor
=]

Carla Fernanda disse...

Querida para mim seria uma honra com certeza. Pode linkar à vontade!
Beijinhos para os 2. Meu casal 20.
Também vou dormir!!

Florisbella disse...

Não só as relações virtuais são assim. Até aquelas do "mundo real" estão lotadas de pessoas que mostram ser algo que não são. Todo mundo que ser aceito, amado né ?
Eu só parei de ser assim, quando eu vi que poderia e fui aceita e amada mesmo com o meu jeito de ser, inclusive com a minha enorme lista de defeitos rs

Beijos

Diogo Menezes disse...

Otimo!

tenho um blog de poesias.

depois passa lá.

http://sincerossuspiros.blogspot.com/

Gisley Scott disse...

É por isso que não faço parte da chamadas ferramentas de redes sociais.Ontem mesmo estava conversando com uma amiga e ela mencionou como as pessoas não ligam mais pra vc, só deixam um recado no mural do facebook..Querem tornar aquilo algo pessoal sem ter que levar o tempo. Thaís eu conto nos dedos quem mantém contato comigo depois que eu saí do Brasil...Acho que só a minha família mesmo e umas 2 amigas...

Qto as máscaras, eu acho que as pessoas estão usando na vida real e virtual..Eu não sei pq as pessoas amam passar a idéia do que não são...Se acham os filhos da Afrodite...Se retratam como belos,sedutores e necessários à vida.

Bjos

Ludmila Barbosa disse...

É sempre assim, é tão comum termos medo de nos mostrar realmente, mas quando gostamos de verdade, umas das coisas mais gostosas é sentir-se bem e confortável perto dessa pessoa, a ponto de sermos nós mesmos, aí sim é um relacionamento completo e, de certa forma, livre, porque não há fingimentos. Muito bom... bjs!!!

Ivan disse...

Obrigado pelo link!!!

PapoBacana disse...

nossa lindissimo seu post..
concordo sem tirar nem por..

muitas pessoas maqueiam seu verdadeiro eu..


abraços..
adorei o blog..

seguindo..

AninhaS2 disse...

hum adorei o seu blog parabens
eu tenho um blog sobre o que eu aaaprendo no meu dia dia , e eu tenho me decepcionado muito com a net ...