sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Sobre o AMOR!

"Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar também.Tá me entendendo? Eu sei que sim. Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou. Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra isso preciso saber se você vai também. Porque sozinha, não vou. Não tem como remar sozinha, eu ficaria girando em torno de mim mesma. Mas olha, eu só entro nesse barco se você prometer remar também! Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes. Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito, vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometer que vai remar também, com vontade! Eu começo a ler sobre política, futebol, ficção científica. Aprendo a pescar, se precisar. Mas você tem que remar também. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Perco o medo de dirigir só pra atravessar o mundo pra te ver todo dia. Mas você tem que me prometer que vai remar junto comigo. Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu te ensino a nadar, juro! Mas você tem que me prometer que vai tentar, que vai se esforçar, que vai remar enquanto for preciso, enquanto tiver forças! Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser à toa, que vale a pena. Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena.
Remar.
Re-amar.
Amar." 
(Caio Fernando de Abreu)


Eu queria falar sobre a importância da cumplicidade no amor. Nada melhor do que este texto do brilhante Caio Fernando de Abreu. O mesmo que diz que "Amor não resiste a tudo, amor é jardim..." Acho que é bem por aí, o outro precisa sentir a sua entrega, você precisa mostrar, tanto quanto precisa enxergar. O amor tem que ser cuidado, regado para crescer e se tornar cada vez mais lindo. As dificuldades podem ser as tempestades que vêm de fora. Mas o amor não pode ter falta de nutrientes no solo. E assim deixa sempre firme a sua raiz. Se você quer beleza, cultive-a. 


Isso nem sempre é tão fácil quanto parece. É um exercício de humildade, de compreensão, de coragem. Muitas vezes ser covarde parece o melhor caminho.


Escrevo este post pensando no meu marido. Para quem eu tento ser uma pessoa melhor todos os dias. Com quem eu descubro coisas novas todos os dias, que eu gosto e que eu não gosto também. Para quem vale a pena praticar esta entrega, com quem eu vivo a felicidade plena, que é feliz de maneira real, mesmo quando sai um pouco do conto de fadas. Com quem eu vivo meu conto de fadas, porque eu sei que vivemos felizes para sempre. 


Porque eu encontrei o meu príncipe, o Baobá do meu jardim da vida :)


Parabéns por hoje, Baby! Te amo, sempre e mais! Minha metade infinita!


"Você acha que o nosso amor pode fazer milagres? - Eu acho que o nosso amor pode fazer tudo aquilo que quisermos." (Caio F Abreu)


É isso.

8 comentários:

Sandro Ataliba disse...

Linda! Sim! Parabéns para nós. Amo demais!
Nossa jardim vai crescer e se tornar um jardim botânico de felicidade.

*Mi§§ §impatia* disse...

Seu post foi um dos mais perfeitos que já vi sobre o amor.......parabéns.
E que Deus abençõe o amor de vocês cada dia mais e mais.
Um lindo fim de semana, beijos.

Ivan disse...

Muito bom!

"Amor não resiste a tudo, amor é jardim..." Sensacional essa frase...

Abraço

Cristin disse...

A vontades ser melhor tds os dias, é que faz a diferença!!!
Que lindo ^.^
Bj bonita

Sarah Moraes. disse...

Caio F. é genial não é? Esse também é um dos meus textos preferidos.
Posso ser sincera? Poucas vezes vi textos com tanta sinceridade em suas palavras. É lindo isso tudo que você tá vivendo e desejo de coração que sso não acabe nunca.
Adorei o texto, felicidades ao casal.

Beijos!

Daykerson disse...

Concordo que o amor é jardim, e que precisa ser cultivado para não morrer. O problema é que quando algumas flores ficam amarelas, murcham, podem não voltar a ficarem lindas e só restarem as que ainda estão belas. Deixar morrer flor a flor é tão arriscado quanto deixar todo jardim sem regar.
E, se só um lado remar, a coisa acaba naufragando mesmo!
Belíssimo post. Estou prestes a completar um ano de casado e penso muito sobre o amor, sobre as coisas que devemos fazer pra manter o amor!
Abraços!!!

Flávia - Compartilhando Idéias... disse...

Thais,

Um dia ouvi a seguinte frase:
"Amo você porque você me faz ser uma pessoa melhor".
Como você é romântica, já deve ter ouvido algo parecido.

Bom, quanto à cumplicidade descrita neste maravilhoso texto, posso afirmar que ela é fundamental numa relação a dois.

Adorei a analogia da luta de uma vida conjugal com o remo no barco.

Amiga, sempre vale à pena.
Não importa o destino do barco.

Aliás, o destino é o que menos importa.
O mais importante é o percurso, cada remada...

Um beijo!

Renatinha disse...

Oi Thais, obrigada pela visita e seja bem vinda!!
Olha que testo lindo.. sim, amor eh como um jardim cheio de flores e passaros, que em algumas epocas estao florindo com o sol e em outras adormecem(pra nao dizer morrem) com o frio.
Mas ele sempre volta lindo depois do nosso cuidado.
Sobre a sua historia, sinto muito por vc ter passado por essa experiencia.. nada pode consolar nem tirar aquilo da nossa mente, mas saiba que o tempo eh a razao de tudo.
E com Fe, perseveranca e determinacao, vcs terao esse sonho de novo e por completo.
Ja add vc, um bjao