sábado, 23 de outubro de 2010

Caso 2 - Sobre a superação.

"Quando tudo está perdido sempre existe um caminho" (Legião Urbana)

Juro que não é um post depressivo, mesmo começando com Renato Russo ;) Este é um post sobre superação. E eu tenho tantos exemplos em tantas pessoas lindas ao redor, em casos que se tornam famosos e na minha própria vida. É impressionante como a capacidade de superação é diretamente proporcional ao tamanho da dificuldade. Nós temos um potencial tão grande dentro de nós, mas infelizmente temos que esperar "empurrões" da vida para que possamos colocar isso pra fora.

Não resolvi escrever sobre isso por ser um poço de positividade, pelo contrário. Embora eu seja uma pessoa feliz, não trabalho com otimismo na minha vida, mas com realidade. Embora eu pratique o poder do pensamento na minha vida, me preparo para o pior também. De vez em quando curto uma nostalgia e aquela tristeza poética que você não sabe a razão de ser.

As pessoas, geralmente, agem assim. Passam a vida se preparando para as possibilidades. A cada passo avaliam tudo que pode dar errado. Tudo bem, não tem nada de ruim nisso. O problema é quando a avaliação faz com que o medo apareça e as pessoas deixem de experimentar, ousar, tentar. A avaliação deveria ser uma preparação, e não um inibidor. A verdade é que os momentos em que precisamos nos superar nunca acontecem de casos que avaliamos, pensamos, nos preparamos. A superação acontece justo naqueles casos em que temos certeza que tudo vai dar certo, que está tudo perfeito e saindo do jeito que a gente planejou. Como se o fato de acharmos que podemos controlar nosso destino seja proibido, e, então, o Universo responde, dizendo que você não pode ter o controle de tudo sozinho. E, então, o castelo desmorona. Algumas vezes você fica no chão, outras, soterrado. E é nesta hora que ela surge... a sua capacidade plena.

Se você está passando ou vier a passar, de hoje em diante, por alguma situação dolorosa, quero que se lembre deste post, e saiba que você é capaz de operar grandes mudanças na sua vida, por esta característica humana chamada superação.

Mas, principalmente, se você não está passando por nada demais, a sua vida está indo dentro da sua normalidade, este post é para instigar a sua capacidade de superação. Não espere um grande desastre para agir na sua vida. Se você tem sonhos, ambições, planos... use esta capacidade para focar nisso e conseguir. Se isso exigir anos de dedicação, os anos vão passar de qualquer maneira, e vai ser muito melhor que ao fim deles você tenha se superado, e não apenas deixado que eles passassem. Superar a si mesmo, às vezes, é mais difícil do que superar tragédias, porque as pessoas tendem a ser acomodadas e preguiçosas. A partir de hoje, eu vou tentar ME superar. Espero que você também. :)

"Não nos cabe saber quanto tempo temos, e sim o que fazer com o que nos é dado." Tolkien

É isso.

7 comentários:

Sarah Moraes. disse...

WOOOW!
Esse post acabou de se tornar o meu favorito. Me identifiquei MUITO, porque a minha vida ultimamente tem sido só superações. As vezes, superações dos próprios sentimentos. E só nesses momentos que a gente percebe que algumas coisas se tornam muiiito pequenas depois que passam.
Parabéns pelo texto, de verdade. =)

Beijão

Dani Fuller disse...

Menina.. vc precisa lançar um livro..
além de escrever super bem...
a forma como fala.. e como deixa uma sementinha dentro da gente..

adorei o q escreveu... e espero conseguir levar comigo..

bjs e bom fds

Dani

Sandro Ataliba disse...

O-R-G-U-L-H-O! (L)

Rê Lopes disse...

É, esse é meu lema 2010-infinito também. Sempre tem um jeito de melhorar as coisas né?
E o medo não pode fazer parte de forma alguma das nossas vidas. Ele sim é o maior obstáculo.
E a citãção do Tolkien foi Perfect!
beijo irmã, amo vc!

Salamandha disse...

Sabe a razão por eu te amar tanto...? Porque você é minha superação materializada! KKkkkkk
Tinhamuuuuuuuuuuuuuuuuuuu moonnnnnnnnntttããããooooooooo
asssssssssssiiiiiiiimmmmmmmmmmm!!!!

Anล Kลtเล disse...

É como eu falo: superação é acordar para a vida. Hoje melhor que ontem, quer dizer, nem precisa ser hoje e ontem, mas, este minuto melhor q o anterior. Será tudo isso possível? Com certeza! Infelizmente, diante de uma dificuldade a nossa tendência é ficarmos chorando e nos lamentando, e até acho q isso seja necessário (por algum tempo), mas a vida continua e não tem replay. Aí entra a superação. Amei o post.
Bjão...

Natália disse...

amei! Me identifiquei muito com ele... estou passando por um período bem turbulento na minha vida e o que eu mais busco nesse momento é me "reinventar".

E é como você disse: superar a si mesmo é mais difícil do que superar as tragédias. É meio inconsciente essa coisa de se tornar "forte" nos momentos necessários, enquanto que nos momentos normais, sempre estamos reclamando de empecilhos, obstáculos quase intransponíveis... se o pior conseguimos de certa forma absorver, porque não os obstáculos da vida?

beijo grande!