quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Sobre nós e sobre o Universo...

Este post é sobre como seria melhor o nosso mundo se pudéssemos enxergar o quanto somos pequenos e apenas partículas de energia que ajudam a formar a imensidão do Universo. Talvez assim parássemos de ofender uns aos outros e cada um realmente entendesse a sua responsabilidade em manter o equilíbrio do Universo. Talvez parássemos de agredir a natureza e entendêssemos que ela não está aqui para nos servir, mas sim para interagir conosco. Talvez parássemos de pensar em Deus como um castigador quando alguém nos ofende e sabemos que vai pagar, ou em um salvador quando necessitamos de perdão por ofensas grandes que cometemos, e passássemos a enxergá-lo como o Criador de todo o Universo, como se cada um de nós fosse parte do corpo de Deus, e ele o próprio Universo. Talvez passássemos a ter a consciência de que nós somos aquilo que nós pensamos ser. Então, para melhorar, basta querer. Se você deseja ser uma pessoa melhor, basta começar a agir como tal e quando ver, você simplesmente já se tornou esta pessoa. E quem sabe até, parássemos de nos achar tão especiais para o Criador, que somos a única forma de vida inteligente nesta imensidão que ele criou. E quem sabe, perdendo a arrogância e o medo do desconhecido, conseguíssemos também interagir com o que está fora de nosso pequenino ponto azul. É sabido que antes disso, necessitamos primeiro aprender a interagir e trocar energia com o nosso mundo. 

Para quem tiver tempo, e interesse, segue a inspiração do post, apresentado a mim pelo meu amigo blogueiro Caesar Moura.

É isso!

4 comentários:

Anล Kลtเล disse...

Olá, mocinha!
Que texto lindo... Realmente, se as pessoas tivessem consciência de que todas elas são parte de Deus e por isso, são todas iguais, não haveriam fanatismo e preconceitos (raça, sexo, idade), haveria mais respeito pelo próximo...
Primeira vez q eu venho aqui, guiada pelo blog do seu maridon! :) Posso voltar né?
:-*

Sandro Ataliba disse...

O fato de cada vez vermos a vida da mesma maneira não me surpreende, já que estamos recebendo as mesmas informações.
E o fato de, aos poucos, pessoas estarem acordando para esta realidade nos mostra que, embora esteja distante, ainda existe uma saída.
Amo!
Beijos (><)

Sarah Moraes. disse...

Nossa, gostei! :)
Acho que tá na hora do homem parar de olhar um pouco só pro próprio umbigo e perceber que é apenas um grão de areia no meio do oceano, né?
Quanto as mudanças, estou trabalhando nelas.. :D
Gostei muito do seu blog e passo a ler você também.

beijos!

Caesar Moura disse...

Obrigado pela indicação minha amiga linda! Estamos juntos! Lindo texto!