quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Sobre a Magia da Vida!

Para dialogar com este post e com este blog inteiro.

Segue música com minha leitura:

Sintaxe À Vontade
O Teatro Mágico


Sem horas e sem dores
Respeitável público pagão -
Apenas uma antiga forma de dizer, o show vai começar...
a partir de sempre
toda cura pertence a nós -
Só você pode saber o que realmente precisa para melhorar.
toda resposta e dúvida
todo sujeito é livre para conjugar o verbo que quiser - Você escolhe como viver a sua vida e não deixa que outros façam isso por você.
todo verbo é livre para ser direto e indireto - E a sua escolha pode ser a melhor ou a que dê mais voltas para levar ao seu objetivo.
nenhum predicado será prejudicado - Mas tudo que for decorrente desta escolha será aproveitado para transformar a sua vida.
nem tampouco a vírgula, nem a crase nem a frase e ponto final! - Os intervalos, os percalços, os fins e os recomeços sempre irão existir.
afinal, a má gramática da vida nos põe entre pausas, entre vírgulas
e estar entre vírgulas pode ser aposto - Às vezes é no desvio que a gente se encontra.
e eu aposto o oposto que vou cativar a todos
sendo apenas um sujeito simples - Nada como ser apenas você mesmo.
um sujeito e sua oração - Tanto pode ser visto como sua vida, como a sua oração mesmo, sua conversa com Deus.
sua pressa e sua verdade,sua fé - O que você mais deseja, o que você realmente é, o que você acredita.
que a regência da paz sirva a todos nós... cegos ou não - Porque a paz é disponível para todos nós.
que enxerguemos o fato
de termos acessórios para nossa oração - Todo mundo é capaz de dialogar com o Criador.
separados ou adjuntos, nominais ou não - Não importa estado civil ou cargo na vida.
façamos parte do contexto da crônica 
e de todas as capas de edição especial - Ninguém é melhor que ninguém.
sejamos também o anúncio da contra-capa - E a gente muda quando convém.
mas ser a capa e ser contra-capa
é a beleza da contradição - E é a beleza da natureza humana.
é negar a si mesmo - Contestar aquilo em que se acredita.
e negar a si mesmo 
pode ser também encontrar-se com Deus - E evoluir conforme encontra as conclusões.
com o teu Deus -  E encontrar com o Deus em que você acredita.
Sem horas e sem dores - Sem horário marcado, sem punições.
Que nesse encontro que acontece agora 
cada um possa se encontrar no outro - E que nesse encontro você perceba o outro.
até porque...
tem horas que a gente se pergunta...
por que é que não se junta
tudo numa coisa só? -
Porque afinal Deus não é tudo à nossa volta?  Todos os Deuses na verdade são um só.

3 comentários:

Sandro Ataliba disse...

Que orgulho da minha esposa.
Brilhante interpretação.
Se não for exatamente isso, aposto que chegou bem perto.
Me assusto com letras tão bem escritas, tão tridimensionais.
♥x!
Beijo

Caesar Moura disse...

Tatá, tenho certeza que nem o Teatro Mágico teria interpretado tão bem!!! Rs Minha amiga arrazante! E olha, finalmente vendo o Sandro (aí em em cima). Realmente ele é tudo q vc falou: Gato! Nada menos do que vc merecia! Rs Beijão!

Flávia - Compartilhando Idéias... disse...

Excelente interpretação!!
E aquela parte:
"toda cura pertence a nós - Só você pode saber o que realmente precisa para melhorar" - Adorei!!

Parabéns querida!!!
Vc é tão inteligente e sensível.....