domingo, 17 de junho de 2012

"O que se ganha, o que se perde..."


Vou falar muito a verdade:

É uma pena, mas a distância física destrói sim a maioria das amizades.

Todo mundo finge entender que você não pode estar presente em quase nenhum evento. Todo mundo finge sua falta. E aí ninguém finge mais.

Talvez eu esteja errada, mas todas as vezes que eu soube que algum amigo (a) querido estava passando por alguma coisa, mesmo de longe eu me desdobrei. Por telefone, por e-mail, por msn, marcando alguma ida ao Rio que eu nem poderia bancar. É estranho não ter reciprocidade de muitos.

Todo mundo sabe o que eu passei na minha primeira gestação, e ainda assim não recebi tanta preocupação. Se eu tomo mil remédios todos os dias, se eu fico semanas sentindo dor, o que está acontecendo, como está a minha cabeça. Se eu passei as duas piores semanas da minha vida imaginando quando fiz 6 meses se o mesmo iria acontecer. Esperei algumas ligações que eu nunca recebi.

E por que receberia? Afinal, eu estava ocupada demais tentando salvar o semestre que perdi na faculdade, ocupada demais tentando manter a cabeça bem durante a gestação, ocupada demais preocupada com a minha filha na barriga. Estava tão ocupada que não tive tempo de deixar recadinhos perguntando como tinham sido suas festas, seus problemas, suas risadas. Andei ocupada demais precisando que alguém pensasse em mim para inverter um pouco os papéis.

Bem, fica mais uma lição. A distância separa você de 95% de tudo que você pensava que tinha.

Obrigada aos 5% que estão por aqui de alguma maneira.

Thaís





"Pode ser que um dia deixemos de nos falar... 
Mas, enquanto houver amizade, 
Faremos as pazes de novo. 


Pode ser que um dia o tempo passe... 
Mas, se a amizade permanecer, 
Um de outro se há-de lembrar. 


Pode ser que um dia nos afastemos... 
Mas, se formos amigos de verdade, 
A amizade nos reaproximará. 


Pode ser que um dia não mais existamos... 
Mas, se ainda sobrar amizade, 
Nasceremos de novo, um para o outro. 


Pode ser que um dia tudo acabe... 
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente, 
Cada vez de forma diferente. 
Sendo único e inesquecível cada momento 
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre. 


Há duas formas para viver a sua vida: 
Uma é acreditar que não existe milagre. 
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre."
(Albert Einstein) - não tenho certeza que é dele, mas foi a quem eu encontrei atribuído.

7 comentários:

Sandro Ataliba disse...

Infelizmente decepções acontecem, babies. E alguns vínculos só são fortes quando alimentados pelas futilidades cotidianas, não tendo raiz profunda para mantê-los em períodos de seca. O problema é identificar esses elos fracos antes deles romperem e nos causarem dor.
Amo!

Sarah Moraes disse...

Thaís,

Você não sabe o quanto eu fico triste por ler esse texto e saber disso tudo.
Infelizmente, a gente se decepciona quando menos espera.
Entretanto, quero que saiba que eu, do meu jeito, me preocupo muito com você e com o seu bebê(já tenho um carinho grande pela Alice) e por mais que não esteja presente, rezo todos os dias para que tudo dê certo contigo.
Apesar da tristeza, deixa o resto pra lá. O que importa são os que se importam com você e a sua filha.
Se cuide.

beijo!

Gisley Scott disse...

Oie Thaís. Tb passei por isso quando eu mudei de país. A maioria das pessoas só me mandavam convite pro orkut ou facebook e não queriam manter contato.Não queriam escrever.Não queriam vida na vida.Queriam tudo em um clique pq estavam com pressa.

Poucas foram as pessoas que de fato mantem contato até hj.É nessas horas que a gente sabe quem é quem.

Sim, foquemos nos 5%, pq pessoas como a minoria é raridade e devem ser preservados :)!

Bjs e tô feliz que vc voltou!

Quel disse...

Oi Thais,

Sim, é triste. A gente vai perdendo as amizades mesmo.

E infelizmente, a gente sempre espera mais do que vai receber da maioria das pessoas.

A vida nos leva a muitos outros lugares, com certeza tambem tem alguem que lamenta a sua distancia, e voce nem sabe!

E no fundo...nao dá pra ter muitos amigos mesmo...amigo de verdade sao dois ou três.... Pelo menos comigo é assim.

Quando a gravidez, nao fique preocupada nem com medo! Estamos todos torcendo por voce! Tudo vai dar certinho, ela vai nascer linda e saudável!

Beijos!

Arnoldo Pimentel disse...

Seu texto é uma realidade da vida, e que está em toda parte do mundo, dos humanos, acho que na realidade somos assim, talvez não seja por não haver preocupação, mas sim porque o mundo dos humanos, infelizmente, se tornou individualista demais.Não perca a esperança na amizade, sei que existe amizade verdadeira, apesar da distância, apesar do tempo de cada um, pois tenho amizades assim, perpétua apesar do tempo. Abaixo um depoimento de um amigo muito importante pra mim, e as vezes ficamos mais de anos sem no encontrar, faz um ano que estive com ele sua família e minha família, mas nossa amizade nunca se perdeu.
Meu querido irmão, senti um ar de partida,tristeza atrelada a velhas lembranças e a nossa companheira solidão.
Meu amado irmão, estou em falta contigo.
Estou tentando voltar a exercer minha profissão de músico, confesso que está difícil. Depois que larguei as drogas, fui estudar, fiz duas faculdades e MBA, sinceramente, me transformei num cara muito materialista e não consigo me enxergar como aquele artista que convivemos tantos anos entre copos de birita, minha música, sua maravilhosa poesia e nossa companhia.
Infelizmente não tenho nada de novo e bom para lhe contar, a não ser, a saudade que tenho de ti e a falta que sua amizade e seu amor me faz.
Beijos meu irmão querido, eu te amo.
"Adorei a Trilogia" acho que escreveu para nós.

http://fcpataxo.blogspot.com.br/2012/06/quitada.html#comment-form
Tudo de bom pra você.

Indy. disse...

Ter um amigo verdadeiro é bem raro hoje em dia. E se você tiver apenas um, sinta-se feliz por isso. As pessoas estão esquecendo o que é ser amigo e, às vezes, prefiro pensar que nem é por maldade, é apenas o jeito de serem.. E assim, mantenho acesa algumas amizades. Por que se esperarmos reciprocidade em tudo, aí sim, não vai sobrar nem 5%...

Fazia algum tempo que eu não tinha tempo de vir aqui, mas tudo continua lindo! :)

beijo, flor

Dayse Sene disse...

Só um coração bom, pensa que todos pensam como nós. Lamento o que lhe aconteceu que ainda não sei direito...éramos bem carinhosas, adorava te ler, escrevi até um texto para p casal...mas você se afastou do meu blog, também não sei porque. Respeitei sua decisão, mas sempre vinha aqui, deixava algum comentário e ia no blog do Sandro também. Mas ai fui vendo tudo muito distante e me afastei. mas de coração de coração? Gosto muito do casal e torço, mas torço muito pela felicidade de vocês e pelas suas conquistas. Não ligue se as pessoas foram indiferentes ao seu problema...é assim que vamos conhecendo-as, separando o "joio do trigo" e seguindo a vida. Cada um com seus problemas e poucos nos amando. Dizem que amigos que são amigos, não cabem nos cinco dedos de uma mão. Quem sabe essa tese não seja verdadeira? Ontem me disseram que foi o dia do amigo, e eu acho que dia do amigo, é dia em que a gente se encontra, conversa um pouco, fala a verdade, acarinha, deixa um pouco de nós. Para mim, que te considero e te gosto desde que a conhecemos acho que hoje é esse dia. Feliz dia dos amigos, para você, Sandro e eu...pois pode até pensar que não, mas gosto muito de vocês.
Linda noute de sábado. Abraços.